LEIA TAMBÉM:
  • Font size:
  • Decrease
  • Reset
  • Increase

Pílula quatro em um contra a aids

Novo comprimido que combina quatro drogas anti-HIV em  único tratamento diário é seguro e eficaz, segundo estudo publicado nos EUA.

Espera-se que a pílula quatro em um torne mais fácil para os pacientes manter a medicação e melhorar os efeitos de seu tratamento. Um estudo publicado na revista especializada Lancet afirma que esta poderia ser uma "nova opção de tratamento". Um especialista britânico disse que a pílula era uma grande notícia e fazia parte de um movimento em direção a doses diárias únicas para portadores do HIV.

O HIV é incurável, e o tratamento da infecção requer terapia que combina múltiplas drogas usadas para controlar o vírus. Isso pode significar tomar vários comprimidos em diferentes horários do dia. E esquecer de um significa que o corpo pode perder a luta contra o HIV, o vírus causador da aids.

Pesquisadores e empresas farmacêuticas têm combinado alguns medicamentos em comprimidos individuais, para facilitar a administração das doses. A pílula quatro em um é a primeira a incluir um tipo de droga anti-HIV que interrompe a replicação do vírus. Paul Sax, diretor clínico do Brigham and Women's Hospital, em Boston, Massachusetts (EUA), e professor associado da Harvard Medical School, disse: "A adesão dos pacientes à medicação é vital, especialmente para pacientes com HIV, nos quais a perda de doses pode levar o vírus a tornar-se resistente".

Sax liderou a pesquisa comparando o efeito da pílula quatro em um com o do melhor tratamento disponível até então em 700 pacientes. Ele disse que a pílula quatro em um era tão segura e eficaz quanto as opções anteriores, embora houvesse um nível maior de problemas renais entre aqueles que a tomam. "Nossos resultados fornecem uma opção adicional altamente potente e bem tolerada, e isso reforça a simplicidade do tratamento através da combinação de vários antirretrovirais em um único comprimido."

Steve Taylor, especialista em HIV no Birmingham Heartland Hospital, disse: "Sem dúvida, o desenvolvimento de uma pílula única é um grande avanço no combate ao HIV. Passamos um longo tempo com pessoas tomando até 40 comprimidos três vezes ao dia". Ele afirmou que o novo comprimido foi "uma grande notícia" para as pessoas com HIV e que a pílula quatro em um aumentaria as opções de tratamento. No entanto, alertou que muitas pessoas ainda tinham o HIV não diagnosticado. Um quarto das pessoas com HIV no Reino Unido não sabe que estão infectadas.

A pesquisa foi financiada pela empresa de biotecnologia Gilead Sciences.

Comente este texto pelas redes sociais abaixo ou escreva para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Personalizar HTML 2

Este espaço é destinado a um pequeno chamado ou anuncio, a edição deste anuncio é encontrado no Gerenciamento de Módulo, pode ser colocado aqui um link para uma pagina Interna ou Externa.

Personalizar HTML 3

Este espaço é destinado a um pequeno chamado ou anuncio, a edição deste anuncio é encontrado no Gerenciamento de Módulo, pode ser colocado aqui um link para uma pagina Interna ou Externa.

Contato

Entre em contato com nossa redação. Sugira, comente, reclame. Envie temas que você considera úteis no dia a dia de um universitário. O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Style Setting

Fonts

Layouts

Direction

Template Widths

px  %

px  %